D  A  V  E

Para todos os amantes do fogo, o nome “Dave Pynt" é incontornável- uma das maiores referências mundiais do slow cooking e uma inspiração para o Chefs on Fire.

 

Estrela Michelin no seu lendário restaurante em Singapura, considerado o 1oº melhor restaurante da Ásia (pelo World 5o Best), um mestre do Fumo e da Lenha, Dave Pynt traz o Burnt Ends até Cascais. 

Welcome Home, Dave.

P  Y  N  T

J O Ã O

Na edição passada de Chefs on Fire, o cordeiro foi a estrela do menu de João Rodrigues (que conta o próprio com uma estrela Michelin no seu Feitoria, e vencedor de chef do ano e restaurante do ano nos prémios Mesa Marcada nos últimos 3 anos)- sabores tão inesquecíveis e exóticos que ainda agora conseguimos sentir o seu aftertaste. 

Regressa ao Chefs on Fire após um ano recheado de novos projecto, com a abertura do gastro-bar Rossio e ainda um espaço na ala de Chefs do Time Out Market) e com a promessa de nos deixar a salivar até lá.

R O D R I G U E S

J  O  Ã  O

Chef executivo do VISTA Restaurante, plantado à beira mar, faz de João Oliveira uma das maiores referências em Portugal a trabalhar com peixe. Com apenas 31 anos, alcançou um percurso invejável que lhe valeu uma estrela Michelin - traz os sabores originais e frescos do mar e do Algarve até Cascais.

O L I V E I R A

V A S C O

O ano passado cozinhou corvina debaixo da terra, envolveu-a em folhas de bananeira e deixou-a cozinhar durante horas, tapada por peles de vaca

C  O  E  L  H  O

hoje, o incontornável Chef do Euskalduna (talvez um dos restaurantes no Porto onde é mais difícil arranjar reserva) regressa ao Chefs on Fire e já antecipamos com toda a certeza um dos menus mais ousados e icónicos do Festival.

S A N T O S

A L E X A N D R E

O Chef Alexandre Silva, para além de LOCO (que lhe valeu já a estrela Michelin entre outros prémios nacionais)  prepara-se também para se cimentar como uma das maiores referências com o fogo em Portugal. Atualmente em produção, o Chef prepara o seu novo restaurante FOGO com tudo a que tem direito - tachos de ferro, animais inteiros, 4 metros de fogo na cozinha (desenhados pelo próprio Chef), um forno a lenha de duas toneladas, tudo à vista. O soft opening? Começa no Chefs on Fire.

S  I  L  V  A

R O D R I G O

Do Toiro Bravo ao peixe do rio não há Chef como Rodrigo Castelo mais empenhado em revigorar e valorizar as raízes ribatejanas. Numa cozinha de instinto, o Chef, que tão bem celebra os fumos e carnes nos seus Taberna ó Balcão e Mariscador junta-se ao Chefs on Fire para continuar esse legado de produtos fortes e apresentar um menu tão típico que podia ser servido na sua cozinha, em Santarém.

C A S T E L O

C A R L O S

Com apenas 25 anos, o Chef Carlos Teixeira assume a liderança da cozinha da Herdade do Esporão e ainda antes passa pelo Clove Club (1 estrela Michelin). Com um posicionamento no que diz respeito à sustentabilidade e slow living totalmente alinhado com o Chefs on Fire, em que o Chef respeita os produtos, a sazonalidade e os produtores, Carlos Teixeira traz até Cascais o projeto duma Herdade na qual não faltam os mais deslumbrantes azeites e vinhos alentejanos.

T E I X E I R A

K  I  K  O

Peru, Japão, Brasil, Jordânia, Chile, Israel, Líbano, Índia, Vietname são apenas alguns dos 26 países pelos quais o Chef Kiko viajou e onde teve a oportunidade de conhecer de perto a cultura gastronómica de todas as mesas onde se sentou. Quando regressa a Lisboa decide prestar-lhes homenagens - com o Talho, onde se dedica ao conhecimento das carnes; com a Cevicheria, inspirada no Peru e no peixe e, por fim, O Asiático, numa redenção da cozinha japonesa. Do Mundo até Cascais.

M A R T I N S

N  U  N  O

O chef Nuno Castro é uma lição para todos aqueles que não acreditam que a cozinha vegetariana possa ser inesquecível - Fava Tonka, em Leça da Palmeira é já uma paragem obrigatória no Norte e tem a mestria de fazer acreditar que é fácil abdicar da carne e do peixe (pelo menos, se tivermos o talento do Chef). Inusitadas combinações de sabor, produtos de época perfeitamente integrados na carta, preparação exímia que se lhe juntarmos fumo, fogo e lenha… Promete.

C  A  S  T  R  O

M Á R C I O

E como qualquer boa refeição termina com uma boa sobremesa, várias boas refeições merecem uma final inesquecível - por isso mesmo, deixamo-lo nas mãos do mais sonante nome da Pastelaria em Portugal, Márcio Baltazar, do premiado com 2 estrelas Michelin, Ocean. Como não podia deixar de ser, apresenta no Chefs on Fire uma combinação de conceitos improváveis conjugados com sabor a fumo.

B A L T A Z A R

BUY-10.png